Fechar Menu
Abrir Menu

Violência doméstica abordada em Felgueiras

Felgueiras recebeu o workshop sobre violência doméstica “A conversar podemos eliminar a violência”, num evento que decorreu ontem no Auditório da Câmara Municipal.

A ação, que reuniu mais de 90 pessoas em Felgueiras, teve como foco a capacitação e empoderamento das vítimas de forma a reduzir a reincidência em processos de vitimização.

A vereadora da Ação Social e Saúde, Rosa Maria Pinto, sublinhou a pertinência da discussão da temática: “Numa altura em que tanto se fala sobre a questão da igualdade de género e do dinheiro que se gasta com esta temática, convém não esquecer que a maior parte dessa verba é gasta efetivamente no domínio da Violência Doméstica: no apoio financeiro às vítimas, nos mecanismos legais de proteção das vítimas, nas casas abrigo, nas estruturas de atendimento, e em tantas outras medidas que poderíamos aqui enumerar”.

“Muitas vezes ouvimos falar do perfil da vítima e ouvimos falar em reincidência na vitimização, ainda que possa ser com uma figura agressora distinta. É, por isso, fundamental compreender, entre técnicos/as, por que motivo isto acontece, mas também debater, trocar ideias e boas práticas ao nível das estratégias que podem ser implementadas para empoderar as vítimas e reduzir, assim, a probabilidade de voltarem a uma relação abusiva. A UNIDAS já ajudou a mudar muitas vidas! Com um trabalho reconhecido a nível nacional, é importante não esquecer que o maior reconhecimento vem da parte das próprias vítimas que são acompanhadas nas estruturas”.

O workshop abordou ainda o empoderamento das vítimas através do Desporto e a criação de grupos de auto-ajuda.

Esta foi a primeira sessão realizada em 2024, no entanto o ciclo de workshops, coordenado pela CIM do Tâmega e Sousa, no âmbito da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa, vai já na sua terceira edição.

Mais notícias
Eleições Europeias 2024