Fechar Menu
Abrir Menu

Felgueiras ajuda Lisboa e Vale do Tejo na realização de inquéritos epidemiológicos

A Equipa Multidisciplinar de Apoio ao Utente com COVID-19 (EMA) do concelho de Felgueiras, está a realizar inquéritos epidemiológicos para a USP de Almada-Seixal.

A colaboração surge na sequência da disponibilização, já na semana transata, de apoio por parte do Município de Felgueiras às zonas mais afetadas pela pandemia.

“Neste momento não há Norte nem Sul mas apenas Portugal”, referiu Nuno Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Felgueiras. “Fomos dos primeiros a ser afetados pela pandemia e , por isso mesmo, sabemos onde é necessário atacar”.

O autarca disponibilizou ajuda em comunicação enviada ao Ministério da Saúde, à Direção Geral de Saúde, à Associação Nacional de Municípios Portugueses e à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

“Imediatamente ao outro dia fomos contactados pela ARS de Lisboa e Vale do Tejo e encetámos logo todas as formas de articulação que nos permitem estar neste momento a realizar inquéritos epidemiológicos para a USP de Almada-Seixal”, confirmou Nuno Fonseca.

O presidente do município felgueirense garante que a colaboração surge num momento em que os contactos referentes aos doentes do concelho estão controlados.

“Só avançámos com esta ajuda por termos noção de que os contactos da EMA em Felgueiras estão a ser feitos dentro do prazo previsto”.

Mais notícias
Medidas aplicáveis a atividades, estabelecimentos, serviços, empresas ou equiparados (em vigor para Felgueiras)